quarta-feira, 27 de maio de 2009

Histórico da vida do Presbítero Ildefonso Alves de Freitas

Histórico da vida do Presbítero Ildefonso Alves de Freitas
(01/06/1920 - 26/05/2009)

Nasceu no dia 1° de junho de 1920, no Estado de Minas Gerais. Filho de Afonso Benedito Alves e Etelvina Alves de Freitas. Casado com Dinorah Souza de Freitas. Deixa filhas: Idelci, Idenilde, Idenilsa, Idelir (In memorian), Iris, iderenilde, Débora, Damares e Marta; e dois filhos: Luiz Carlos e Ronaldo; Genros: J. Carlos, José Carlos e Maurício; netos: Ildefonso Melquisedeque, Danila, Heber Lucas e Enzo. Veio de Brasília com a família, no início da década de 60, e foi morar num sítio no final da rua Carnaúba, onde havia a Congregação Presbiteriana, no número 298, que depois viria ser a Igreja Presbiteriana de Senador Camará. Logo que tomou conhecimento do trabalho que lá era realizado passou a fazer parte do mesmo.

O irmão Ildefonso e seu irmão Jurandir foram os construtores da Igreja Presbiteriana de Senador Camará.

Vida Eclesiástica

Foi batizado na infância pelo Rev. Aníbal Nora e professou a fé no dia 18 de junho de 1938, na Igreja Presbiteriana de São José do Calçado, Estado do Espírito Santo, sendo o oficiante o Rev. Antonio Jenur. Na Congregação, e depois na nova Igreja, foi regente do coral por alguns anos. Na organização da Igreja, no dia 27 de abril de 1969, foi eleito diácono e no dia 27 de janeiro de 1974 foi eleito presbítero. Foi Superintendente da Escola Dominical, conselheiro de vários departamentos e, durante alguns anos, Conselheiro da SAF (Sociedade Auxiliadora Feminina), acompanhando todos os trabalhos que eram realizados por este departamento, assim como os realizados pela 3ª idade.

Por um período foi responsável pela Congregação de Coqueiros, até sua organização como Igreja.

Nos últimos anos estava trabalhando na Igreja Presbiteriana Central de Senador Camará, desde o seu período de Congregação, sendo um membro fundador desta Igreja, e um entusiasta corista.

De maneira muito especial, registro um voto de gratidão a Deus pelo trabalho realizado por ele na Congregação do Retiro.

"Deus o deu, Deus o tomou, bendito seja o nome do Senhor."

Pelo Rev. Noé Machado Botelho.
Rio de Janeiro, 26 de maio de 2009


Pb. Ildefonso (terceiro da esquerda para a direita), em uma foto na Igreja Presbiteriana de Senador Camará, em 02 de abril de 1972

Pb. Ildefonso (primeiro a direita) no início das atividades da Congregação da futura Igreja Presbiteriana Central de Senador Camará, em 2003.

Pb. Ildefonso e D. Dinorah, durante a Festa de Missões da Igreja Presbiteriana Central de Senador Camará, em agosto de 2008.

Um comentário:

JOSUEL disse...

ola o meu nome é josuel afonso alves nome do meou pai benedito afonso alves nome do meu avó afonso benedito alves gostaria de saber de qual região do brasil vocés são porqoe gostaria de sabe quer são famijia de AFONSO BENEDITO ALVES endereço eletronico JOSUEL.AALVES@hotmail.com

Blog da Igreja Presbiteriana Central de Senador Camará - http://ipcentralcamara.blogspot.com